O Estágio- Responsabilidade Social

O Estágio- Responsabilidade Social

Ao abrir uma vaga para contratação de estagiários, além das vantagens com a redução de custo operacional e encargos trabalhistas, a empresa ganha também em responsabilidade social, uma justa troca para os empresários e profissionais liberais que incentivam a educação e promovem a inserção de jovens no mercado de trabalho, contribuindo com a sociedade, podendo afetar positivamente a vida de mais de 16,6 milhões de estudantes em todo o país (Inep/MEC 2012).
O estudante, predominantemente de nível médio, ao ser contratado como estagiário remunerado em uma empresa, estará efetivamente vivenciando e absorvendo um comportamento social, cultural e profissional. Essa experiência é necessária para a formação da sua personalidade, normalmente cheia de conflitos diante dos inúmeros desafios do dia a dia de um adolescente.
O estágio como “ato educativo escolar supervisionado” também proporciona cidadania, formação de caráter, contato com o ambiente corporativo e, adicionalmente, afasta os jovens dos desvios de trajetória, tão comuns nessa faixa etária.
Além disso, a bolsa-auxílio, somada a outros benefícios, confere ao jovem, independência financeira, inclusão social, cidadania e autoestima pela conquista das suas primeiras receitas pessoais, inclusive complementando a renda familiar em muitos casos.